SOCIEDADES EM CARTEIRA

 

As sociedades em carteira internacionais são essenciais para a planificação fiscal internacional

Introdução
Ao considerar um investimento num país, é necessário ter em conta os impostos aplicáveis em forma de dividendos, juros e royalties, bem como qualquer possível imposto sobre as mais-valias que possam surgir na alienação de dito investimento.

Por isso é necessário ter em consideração questões relacionadas com o diferimento fiscal e a utilização de perdas. Muitos Estados membros da União Europeia oferecem regimes de sociedade de carteira geralmente favoráveis no que respeita ao tratamento das receitas de origem estrangeira e a maioria possui amplos tratados ou acordos para evitar a dupla tributação.

Sobre este tema proporcionamos um resumo por países, elementos chave e uma sinopse das redes de tratados, que pode ser analisada neste site.

Caso necessite de mais informação contacte um dos nossos assessores.

 


SOLUÇÕES DE PLANIFICAÇÃO FISCAL
E SOCIEDADES DE NEGÓCIOS INTERNACIONAIS
SOCIEDADES HOLDING
(SGPS – SOCIEDADES GESTORAS DE PARTICIPAÇÕES SOCIAIS)
TRUSTS
FUNDAÇÕES PRIVADAS
SOCIEDADES E INSTITUIÇÕES FINANCIERAS
SOCIEDADES FINANCEIRAS - BROKERS
ESTRUTURAS CONFIDENCIAIS E ANÓNIMAS
CONSTITUIÇÃO DE EMPRESAS NA EUROPA, EUA, HONG KONG E 
PRINCIPAI PRAÇAS OFFSHORE
ABERTURA CONTAS BANCÁRIAS NO EXTERIOR
PROVISÃO E SERVIÇOS DE ESCRITÓRIOS VIRTUAIS

CONSULTADORIA GRATIS

CONTACTE-NOS