O OFFSHORE E SUAS APLICAÇÕES

 

A NOSSA EQUIPA
Nossa equipe principal é composta por profissionaos com formação e experiência diversas. Estes incluem os advogados de confiança que se especializam na estruturação tributária internacional, trusts, o planeamento de bens e activos, auditores com experiência em contabilidade, fiscalidade, administração e assessoria em investimentos no exterior. A equipa é apoiada por uma grupo administrativo dinâmico que licenciados em contabilidade, finanças e direito.

 

COMÉRCIO INTERNACIONAL
O comércio eficiente do ponto de vista fiscal na aquisição e fornecimento de bens e serviços é muitas vezes a chave para o sucesso de muitas empresas. Graças à utilização de determinadas entidades jurídicas podem ser concedidos a clientes uma mitigação fiscal como os tratados para efeitos de redução tributária e outros mecanismos que proporcionem benefícios de isenção fiscal.

A seguie apresentamos, para sua análise, a seguinte seleção de estudos de casos relativos ao comércio internacional e à prestação de serviços.

No caso de encontrar uma estrutura que se adapte às questões e necessidades dos seus negócios internacionais e precise de mais informações ou quotação, não hesite em entrar em contacto com um de nossos consultores, que terá todo o prazer em ajudá-lo com as suas questões.

Casos práticos do uso de jurisdições no comércio internacional:
Uso das BVI (Ilhas Virgens Britanicas) para transações de comércio internacional
Uso do Chipre para transações de comércio internacional
Uso dos EUA para transações de comércio internacional 
Uso das LLC (Limited Liability Companies) dos EUA para transações de comércio internacional 
Uso de Hong Kong para transações de comércio internacional 
Uso da Irlanda para transações de comércio internacional 
Uso das Mauricias para transações de comércio internacional 
Uso de Malta para transações de comércio internacional
Uso do Reino Unido para transações de comércio internacional
Uso de Singapura para transações de comércio internacional

 

HOLDINGS EUROPEIAS
As Holdings Internacionais são essenciais ao planeamento fiscal internacional

Introdução
Aquando da consideração de um investimento num país deve ser equacionada a tributação recebida na forma de dividendos, juros e royalties, assim como qualquer possível imposto sobre mais-valias que possa decorrer da alienação desse investimento.

Têm também de ser considerados aspectos de adiamento de tributação e utilização de perdas. Vários estados-membro da União Europeia oferecem regimes de Holdings que são geralmente favoráveis no que respeita ao tratamento de rendimentos obtidos no estrangeiro e a maioria tem extensas convenções de tributação dupla. Nesta secção, disponibilizamos um resumo país a país, elementos essenciais e uma sinopse das redes de convenções.

 

HOLDINGS DA UNIÃO EUROPEIA
Um Veículo Financeiro com Finalidade Específica essencial para o Investimento Internacional.

Vários estados-membro da União Europeia oferecem regimes de Holdings que são geralmente favoráveis no que respeita ao tratamento de rendimentos obtidos no estrangeiro e a maioria tem extensas convenções de tributação dupla. Nesta secção, oferecemos um resumo país a país das várias Holdings da UE, os elementos essenciais de cada uma destas empresas e uma sinopse das redes de convenções.

 


SOLUÇÕES DE PLANIFICAÇÃO FISCAL
E SOCIEDADES DE NEGÓCIOS INTERNACIONAIS
SOCIEDADES HOLDING
(SGPS – SOCIEDADES GESTORAS DE PARTICIPAÇÕES SOCIAIS)
TRUSTS
FUNDAÇÕES PRIVADAS
SOCIEDADES E INSTITUIÇÕES FINANCIERAS
SOCIEDADES FINANCEIRAS - BROKERS
ESTRUTURAS CONFIDENCIAIS E ANÓNIMAS
CONSTITUIÇÃO DE EMPRESAS NA EUROPA, EUA, HONG KONG E 
PRINCIPAI PRAÇAS OFFSHORE
ABERTURA CONTAS BANCÁRIAS NO EXTERIOR
PROVISÃO E SERVIÇOS DE ESCRITÓRIOS VIRTUAIS

CONSULTADORIA GRATIS

CONTACTE-NOS